Posts com Tag ‘light’

Diet e Light – qual a diferença?

Publicado: 26 de setembro de 2014 em Dicas
Tags:, ,

As palavras ‘diet’ e ‘light’ geralmente são confundidas pelas pessoas, que as associam à alimentos de baixo valor calórico, sendo permitidos para quem quer perder peso. Quem nunca se pegou dizendo: ‘Ah, posso comer, é light/diet!!’

 

images (1)

 

Mas afinal, qual é a diferença entre eles ?

Para diferenciá-los vamos utilizar duas palavras-chaves: ausência e redução. Um alimento diet tem ausência total de um componente. É recomendado a uma população específica (geralmente, diabéticos). Já o alimento light tem redução de pelo menos 25% de um dos componentes. Isso quer dizer que o alimento ainda continua ter esse componente, mas em menor quantidade.

Alimento diet:

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o termo diet pode ser usado em dois tipos de alimentos: nos alimentos para dietas com restrição de nutrientes (carboidratos, gorduras, proteínas, sódio)e nos alimentos para dietas com ingestão controlada de alimentos (para controle de peso ou de açúcares).

O alimento diet não é necessariamente menos calórico que o alimento tradicional. Por exemplo, chocolates e sorvetes diet são mais calóricos do que o produto normal. Acrescentam-se gordura para manter sabor e maciez ao produto. O que tem que ficar claro é que se você é diabético você tem sempre que consumir um alimento diet para ter segurança. Se você for comprar um alimento light ou normal precisa certificar-se nos componentes se existe presença de açúcar ou não.

Alimento light:

Se o seu objetivo é emagrecer então uma ótima opção são os alimentos light. Eles possuem sabor parecido com o produto tradicional, mas com redução de gorduras e açúcares o que faz termos o prazer de comer com menos culpa. Mas nada adianta comer o alimento light em dobro porque como vimos para ser light basta ter uma redução de 25% de um componente, portanto não é 50%. Se você comer em dobro estará engordando mesmo com o alimento light.

O alimento light não é, necessariamente, indicado para pessoas que apresentem algum tipo de doença como diabetes, colesterol elevado, etc. Se, o alimento light apresentar eliminação do nutriente, por exemplo, açúcar, poderá ser consumido pelos diabéticos também.

A confusão é fácil de acontecer, por isso, sempre ao comprar produtos lights ou diets, observe bem as informações no rótulo das embalagens, compare-os e veja qual atende mais suas necessidades.

Fonte: Roberta Stella – nutricionista formada pela Universidade São Paulo (USP).

 

Por Mariana Mangelli